Notícias Institucionais

23/09/2021

Ministério da Economia mostra que Paraná avança no Indicador de Situação Previdenciária

A Secretaria de Previdência do Ministério da Economia divulgou os resultados do Indicador de Situação Previdenciária dos RPPS (Regimes Próprios de Previdência Social) considerando as informações de 2021. De acordo com os resultados, o Governo do Estado está atualmente com a classificação B, um avanço quando consideradas as categorias de 2019 e 2020, D e C respectivamente.

O ISP avalia aspectos relacionados à transparência e gestão, situação financeira e atuarial dos RPPS. O diretor-presidente da PARANAPREVIDÊNCIA, Felipe Vidigal, ressalta que entre os Estados brasileiros, nenhum alcançou a classificação A, sendo B a nota mais elevada, alcançada agora pelo Governo do Paraná. Das vinte e sete unidades federativas (26 Estados e o Distrito Federal), nove alcançaram a classificação B, treze a classificação C e cinco a classificação D.

Vidigal destaca que o indicador é um reconhecimento da excelência da gestão, da profissionalização e da responsabilidade previdenciária. “O Paraná fez avanços importantes na gestão da PARANAPREVIDÊNCIA, na governança e na transparência da instituição. Os reflexos aparecem na classificação que o Estado alcança em índices nacionais tão importantes”, afirma. “Essas conquistas trazem segurança aos nossos beneficiários e à nossa equipe, e nos possibilitam traçar metas com maior precisão e objetividade”, completa.

INDICADOR – O Indicador de Situação Previdenciária foi instituído em 2017 e a avaliação é expressa em gradação (A, B, C, D). O índice é calculado com base em informações declaratórias prestadas pelos estados e distrito federal, armazenadas nos sistemas informatizados gerenciados pela União, o Indicador tem, ainda, base em informações de outros instrumentos de supervisão e controle como o CRP (Certificado de Regularidade Previdenciária) e o Pró-Gestão.
Entre os objetivos do Indicador de Situação Previdenciária estão a possibilidade de realizar uma aferição mais precisa da qualidade de gestão dos RPPS e evidenciar a relação custo/benefício existente entre o esforço organizacional empreendido e o produto alcançado.

O exercício de projeções futuras a partir de tendências reveladas pelo índice e o balizamento de ações de acompanhamento e supervisão dos RPPS por parte da Secretaria de Previdência, também fazem parte da abrangência do indicador, além da promoção da visibilidade do sistema de previdência dos servidores públicos.

ISP visa, ainda, se tornar um dos principais indicadores de solvência de estados, distrito federal e municípios, considerando-se a influência que o desequilíbrio financeiro e atuarial dos RPPS têm sobre a situação fiscal das administrações públicas.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Serviços on-line

Todos os serviços
  • Acesso ao Sistema PRCONSIG
  • Sistema de Agendamento
  • Portal da Transparência PRPREV
  • Integridade e Compliance
  • Programa Viver a Vida
  • Pró-Gestão
  • Licitações ao Vivo
  • Acesso Restrito Emrpegado
  • Canal de Denúncias

Atendimento

  • Atendimento Telefônico 0800-643-0037
  • Locais de Atendimento

    Encontre o posto de atendimento mais próximo de você

  • Horário de Atendimento do Call Center

    08h30 às 18h00

  • Fale Conosco

    Entre em contato por e-mail para tirar suas dúvidas, fazer críticas e elogios.

    Enviar Mensagem