Recadastramento - Aposentados e Pensionistas


     Para informações sobre o recadastramento de 2015, clique nos links a seguir:

♦ Onde entregar?

Aguardar a convocação para o recadastramento, que será enviada por carta para seu endereço residencial. De posse da senha, acesse a internet, no sistema PAC, preencha o formulário e proceda pessoalmente à entrega do protocolo, com os documentos que por ventura sejam solicitados, diretamente na Central de Atendimento em Curitiba ou, no interior, em um dos Postos de Atendimento da PARANAPREVIDÊNCIA.


♦ É importante salientar que o simples envio de recadastramento pela internet NÃO é suficiente.

Caso não tenha condições de comparecer em um dos Postos de Atendimento (residentes em outros Estados, por exemplo), você poderá se dirigir a um Cartório e proceder ao reconhecimento de sua assinatura na modalidade “AUTÊNTICA” ou “POR VERDADEIRA” (aquela em que a assinatura é feita na presença do oficial do Cartório/Tabelião) e depois enviar tudo pelo correio para a PARANAPREVIDÊNCIA, por carta registrada, para a Central de Atendimento, no seguinte endereço: Rua Inácio Lustosa, 700, Bairro São Francisco. Curitiba – PR – CEP 80510-000.

Não será aceito reconhecimento de firma por semelhança.

► VISITA DOMICILIAR:

Visando a otimizar os serviços prestados a partir do recadastramento do ano de 2015, os beneficiários convocados que não tiverem condições de comparecer pessoalmente a um dos postos de atendimento poderão solicitar, pelo fone (41) 3304-3737, a realização de visita social com a finalidade de realizar o recadastramento do beneficiário.

Uma vez solicitada a visita social, o sistema libera o prazo de recadastramento. Isto significa que o pagamento não será bloqueado no término do prazo do grupo. As visitas serão realizadas posteriormente, sempre mediante prévio agendamento de visita social domiciliar, o qual é feito, exclusivamente, pelo fone (41) 3304.3737. Não importa o tempo que demore para a visita social, não haverá bloqueio do pagamento.

É muito importante que a pessoa que venha a fazer a solicitação (normalmente parente próximo ou cuidador) forneça telefones de fácil contato para marcação do dia exato da visita, fornecendo o endereço do local onde o beneficiário se encontra, assim como deve deixar preparados naquele local os documentos necessários para a realização do recadastramento. Estes documentos serão informados no momento do pedido de visita e, caso não estejam disponíveis no dia da realização da visita, o recadastramento não poderá ser concluído.

Além disto, é importante salientar que os aposentados e pensionistas com idade superior a 80 anos, que não possam comparecer e que não tenham curador designado, poderão solicitar a visita domiciliar independentemente de comprovação do estado de saúde.

Aos demais aposentados e pensionistas com idade inferior a 80 anos será solicitada a formalização do pedido (podendo ser feita de próprio punho ou por meio de formulário de solicitação) e com a juntada de atestado médico recente (datado dos últimos 90 dias) informando, além dos dados do médico, o código CID (Classificação Internacional de Doenças) e, quando for o caso, o período provável que o beneficiário ficará a impossibilitado de locomoção. Após análise, serão registrados os pedidos de visita que atendam à condição de impossibilidade de locomoção no período de recadastramento. Os pedidos que não preencherem as condições serão rejeitados e o solicitante será informado sobre como deverá proceder.

Para os aposentados e pensionistas que possuem representante legal não será permitida a marcação de visita domiciliar, uma vez que eles não precisam comparecer: seu recadastramento deve ser realizado pelo curador, podendo, em casos aleatórios, vir a ser realizada visita social posterior ao recadastramento.

A visita domiciliar é realizada por Assistente Social designada. Alertamos que fora destas condições a PARANAPREVIDÊNCIA não encaminha pessoas para o endereço de seus beneficiários e qualquer contato neste sentido deve ser rejeitado.

Resolução nº 49/2015 do Conselho Diretor da PARANAPREVIDÊNCIA, que normatiza a solicitação de visita social para fins de recadastramento: clique aqui

Importante: PIS/PASEP/NIT

Desde o recadastramento de 2012, está sendo solicitado ao beneficiário que informe o número do seu PIS (Programa de Integração Social) ou do PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) ou do NIT (Número de Inscrição do Trabalhador). Trata-se de exigência do Ministério da Previdência Social (MPS) para identificação no Cadastro Nacional de Servidores – SIPREV (Sistema Integrado de Informações Previdenciárias).

Caso esta informação ainda não conste em seu cadastro, não deixe de preencher, no PAC-RH, o campo com a informação sobre o número de PIS, PASEP ou NIT no recadastramento, para evitar eventuais transtornos nos futuros recadastramentos.

Se você não sabe o número de seu PIS, PASEP ou NIT procure o INSS pelo fone 135 informando seus dados pessoais: Nome, data de nascimento, filiação e CPF.

Caso você não possua inscrição poderá efetivá-la na mesma ocasião, obtendo assim um NIT. Será questionado se você exerce algum tipo de atividade laborativa a qual deve ser informada. Não sendo exercida atividade, a inscrição deve ser realizada como contribuinte facultativo, sem vínculo anterior, a qual não gera obrigação de qualquer contribuição. Verifique sua situação no PIS/PASEP/NIT clicando aqui.

Recomendar esta página via e-mail:

Atendimento

  • Atendimento Telefônico (41) 3304-3737
  • Locais de Atendimento

    Encontre o posto de atendimento mais próximo de você

  • Horário de Atendimento na Capital
      das 8h30 às 17h00

  • Fale Conosco

    Entre em contato por e-mail para tirar suas dúvidas, fazer críticas e elogios.

    Enviar Mensagem